Carlos-CapuchoLinha de Investigação: Arte, Cultura e Cidadania
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

Carlos Capucho, natural de Lisboa (1940), foi professor no ensino secundário durante dez anos.
Em 1970, num seminário orientado pelo Centre Recherche et Communication (CREC) de Lyon, aprofunda experiências pedagógicas com o audiovisual que vinha levando a cabo na prática docente. Em consequência, entre 1972 e 1973, realizou um estágio no CREC, sob orientação do seu fundador Prof. Pierre Babin e graduou-se, na Universidade Católica de Lyon, em Comunicação Audiovisual Educativa.

Com outros educadores funda, em 1972, o Grupo de Pesquisa Audiovisual que durante dez anos se dedicou à produção de diaporamas educacionais e à realização de cursos de formação audiovisual para professores, formadores e animadores. Posteriormente, 1976, participa na criação do Centro de Produção Audiovisual do Instituto de Formação Social e do Trabalho, onde exerceu funções até 1986.
A partir daquele ano, colaborou na organização e instalação de Logomedia-Centro de Produção e Difusão Audiovisual tendo aí desempenhado funções de formador e realizador até 1992.

Com as referidas instituições, e para as mais diversas entidades, orientou acções de formação por todo o país, incluindo as duas Regiões Autónomas, e realizou inúmeros trabalhos no campo do diaporama e do vídeo. No quadro de Logomedia foi, em 1988, um dos organizadores em Portugal do Fórum Mundial do Vídeo Educativo promovido pela Organisation Catholique Internationale du Cinéma et de l'Audiovisuel (OCIC), que teve lugar em Lisboa no Forum Telecom. Foi formador em comunicação audiovisual na Escola Superior de Educadores de Infância Maria Ulrich. Entre 1992 e 2000, exerceu docência - na área da sua especialidade - nas Escolas Superiores do Campus de Almada do Instituto Piaget, sendo coordenador da Licenciatura em Ciências da Comunicação entre 1998 e 2000.

Obteve, em 1995, o grau académico de Mestre em Comunicação Educacional Multimédia, na Universidade Aberta, mediante uma dissertação sobre o simbólico no audiovisual educacional. Entre 1996 e 2001 foi docente no referido Mestrado. Na Universidade Católica Portuguesa (U.C.P.), foi docente, desde 1999, no curso de Licenciatura em Comunicação Social e Cultural. Nesta Universidade iniciou a investigação para doutoramento em 2000, tendo sido bolseiro da Fundação para a Ciência e Tecnologia. Em 2005, mediante provas públicas de defesa, na U.C.P., obteve o grau de Doutor em Ciências da Comunicação (Summa Cum Laude, por unanimidade), com uma tese sobre a perspectiva educacional respeitante à exibição de filmes no circuito comercial português entre 1974 e 1999, publicada em 2008 na Universidade Católica Editora. Entre 2006 e 2011 foi Coordenador Pedagógico da Licenciatura em Comunicação Social e Cultural.

É actualmente Professor Auxiliar Aposentado da Faculdade de Ciências Humanas da UCP e Coordenador Científico da pós-graduação em Televisão e Cinema, onde exerce docência. É responsável, nos mestrados em Ciências da Comunicação e Estudos de Cultura pelas disciplinas de Cinema. Desde a criação do Centro de Estudos de Comunicação e Cultura (CECC) pertence ao quadro de investigadores seniores.