Quando este projecto se iniciou no CECC, os relatórios da Comissão de Censura ao Livro estavam dispersos por várias caixas sem qualquer critério, tal como se encontravam no Arquivo do SNI (Secretariado NacionaI de Informação, Cultura Popular e Turismo) antes de serem incluídos no Arquivo Nacional da Torre do Tombo. Alguma bibliografia sobre o assunto referia-se a esses relatórios, tal como os Livros Proibidos no Regime Fascista (1981), a obra de Cândido de Azevedo A Censura de Salazar e Caetano (1999) ou ainda a bibliografia de Maria Luísa Alvim Livros Portugueses Proibidos no Regime Fascista (1992). Sabendo-se embora que livros haviam sido autorizados, proibidos ou autorizados com cortes, não havia ainda estudos sistemáticos sobre esses relatórios, nomeadamente sobre o discurso dos censores, sua argumentação, seu processo de decisão, destino das obras examinadas, etc.

Quando Teresa Seruya e Maria Lin Moniz, investigadoras do CECC, iniciaram na Torre do Tombo trabalhos sobre o tópico, depararam-se com a situação caótica dos materiais, que em muito dificultava não só uma necessária visão de conjunto sobre a documentação, como qualquer pesquisa específica que se quisesse levar a cabo em tempo útil. Com a autorização dos Serviços respectivos, começámos por ordenar os relatórios por ordem cronológica, tarefa relativamente facilitada pelo facto de estes estarem todos numerados pelos próprios leitores / censores. Pôde, assim, ficar-se a saber o total dos relatórios (pouco mais de 10.000) entre 1934, ano do começo das actividades da Comissão, e Abril de 1974, bem como o número (que não a identificação) dos relatórios em falta (c. de 20%), cujo paradeiro, até hoje, não foi possível ainda descobrir, apesar de alguns em falta virem citados em obras publicadas.

Esta primeira fase de ordenação dos materiais permitiu a realização de vários trabalhos académicos sobre a censura a obras estrangeiras, como atestam, entre outros, os volumes Translation and Censorship in Different Times and Landscapes (2008) e Traduzir em Portugal Durante o Estado Novo (2009), ambos resultantes de eventos científicos internacionais  realizados na Universidade Católica Portuguesa (Lisboa), ou a obra Translation Under Fascism (2010) com o estudo de Teresa Seruya “Translation in Portugal during the Estado Novo Regime”. Verificou-se, entretanto, que a consulta dos materiais se revelava ainda morosa, sobretudo para quem não estivesse familiarizado com o assunto.

O CECC propôs, então, à Torre do Tombo uma parceria para a digitalização dos relatórios, da qual resultou a disponibilização deste importante acervo documental em formato digital, preservando-o do desgaste e de eventuais perdas durante a consulta in loco. Os relatórios da Censura ao livro passaram, assim, a poder ser consultados online tanto a partir da página da Torre do Tombo como a partir do site do CECC. O protocolo de colaboração entre as duas instituições para este efeito data de 2011.

Simultaneamente colocamos à disposição dos investigadores um Índice que não só proporciona uma visão de conjunto sobre os livros que foram objecto de exame pela Comissão, como permite chegar mais expeditamente aos relatórios que interessam a cada investigador. Do Índice constam os seguintes dados: data, número do relatório, título da obra e autor.

Para aceder aos relatórios digitalizados de censura ao livro siga os seguintes passos:

- Para os relatórios de 1934 a 1972 pode aceder diretamente ao link aqui ou então siga os seguintes passos:

  • Entrar no site do Arquivo Nacional da Torre do Tombo (antt.dglab.gov.pt)

  • Clicar em “Pesquisar na Torre do Tombo”

  • Clicar em “Base de dados Digitarq”

  • Clicar em “Pesquisa avançada”: Código de referência: PT/TT/SNI-DSC | Título: Relatórios de livros | Selecionar “Contém frase exata”

  • Clicar em “Pesquisar”

  • Ficarão visíveis 8 “caixas” pelas quais se distribuem os relatórios consoante a sua numeração

Ou, em alternativa, clicar em http://digitarq.arquivos.pt/results?p0=CompleteUnitId&o0=11&v0=PT%2fTT%2fSNI-DSC%25&p1=UnitTitle&o1=3&v1=Relat%C3%B3rios+de+livros 

- Para os relatórios de 1972 a 1974 pode aceder diretamente ao link aqui (números 7, 8, 9, 10 ou 11) ou então siga os seguintes passos:

  • Entrar no site do Arquivo Nacional da Torre do Tombo (antt.dglab.gov.pt)

  • Clicar em “Pesquisar na Torre do Tombo”

  • Clicar em “Base de dados Digitarq”

  • Clicar em “Pesquisa avançada”: Código de referência: PT/TT/SNI-DSC/13 | Título: Informações sobre proibição de livros e publicações periódicas | Selecionar “Contém frase exata”

  • Clicar em “Pesquisar”

  • No menu que aparece do lado esquerdo, clicar em “Correspondência recebida e expedida” (números 7, 8, 9, 10 ou 11)

    Ou, em alternativa, clicar em http://digitarq.arquivos.pt/details?id=4330138 (números 7, 8, 9, 10 ou 11)

Nota: Até 1949, é possível selecionar os relatórios no menu que aparece à esquerda. No entanto, a partir de 1950, a pesquisa terá de ser feita através das visualizações. A partir de meados de 1972, há que procurar os relatórios de censura ao livro através das visualizações e no meio de outro tipo de informações.

Índice dos Relatórios da Censura por década

1930

1940

1950

1960

1970